Sicredi

Pianista prodígio, de 15 anos, faz concerto em Medianeira amanhã dia 10

Postada em: 09/05/2019 Atualizada em: 09/05/2019 15:01:17 Número de visualizações 425 visualizações
LinkedIn whatsapp
Pianista prodígio, de 15 anos, faz concerto em Medianeira amanhã dia 10

No dia 10  de maio, a população do Oeste do Paraná tem mais um encontro marcado com a música clássica, no segundo show da série de concertos Bravíssimo. Quem se apresentará na cidade de Medianeira é um jovem prodígio, de 15 anos de idade, chamado Estefan Iatcekiw. Ganhador de prêmios nacionais e internacionais, ele faz três apresentações na sexta-feira, às 10h, às 15h e às 20h, no CPC Arandurá. Os shows são gratuitos e os ingressos podem ser retirados antecipadamente na bilheteria do local. A atividade é patrocinada pela Lar Agroindustrial, Frimesa e Fertipar.

Todos os concertos são comentados pela especialista Liana Justus, de forma que mesmo quem ainda não é apaixonado por música clássica poderá entender quais sãos as peças apresentadas, o contexto e a importância delas. Escolas podem agendar a ida de seus alunos ao CPC Arandurá, para conhecer o músico convidado, o novo piano de cauda de Medianeira e aprender mais sobre música. Para marcar, basta telefonar para o CPC Arandurá, no telefone (45) 3264-8674.

O concerto de maio é perfeito para quem não sabe muito a respeito de música clássica. Estefan e Liana mostrarão a evolução dos estilos musicais, apresentando composições que vão do barroco ao moderno. O exemplo do pianista, dotado de uma inteligência incomum, que permitiu a ele antecipar em quatro anos a conclusão do ensino médio, pode ser o empurrão que faltava para outros jovens aprenderem um instrumento musical.

Graças à tutoria da pianista russa Olga Kiun, 73 anos de idade, radicada em Curitiba desde os anos 1990, e ao empenho da mãe, Josiane Vergara Alanis, em obter o dinheiro necessário aos estudos, hoje Estefan Iatcekiw tem aulas no Conservatório Tchaikovsky em Moscou – tornando-se o aluno mais novo do Bacharelado em Piano da instituição.

Curitibano de nascimento, ele teve contato com o instrumento aos 5 anos de idade e, desde os 9 anos, é orientado na sua carreira por Olga Kiun. Estefan tem uma peculiaridade, que é possuir o chamado “ouvido absoluto” – a capacidade de identificar e reproduzir espontânea e acuradamente, no caso dele, sons que tenha ouvido, como notas musicais.


Concertos Bravíssimo

A série de shows em Medianeira, que irão até o mês de dezembro, fazem parte do programa Bravíssimo, uma iniciativa da Unicultura em parceria com a prefeitura da cidade. Graças às empresas patrocinadoras, Medianeira ganhou, em abril, o primeiro piano de cauda do município. Trata-se de um modelo Samick NSG 228, que tem o tamanho de um carro popular, e pesa 415 quilos.

Com o apoio da Lei Rouanet de incentivo à cultura, a Frimesa, que possui um frigorífico na cidade de Medianeira, concordou em investir na cultura como vetor de transformação regional. “São poucas as cidades do Brasil que possuem um piano com essa qualidade, que foi trazido da Coreia do Sul para a população daqui. No Paraná, com 399 municípios, dá para contar nas mãos quem tem esse instrumento. Medianeira agora está entre as grandes cidades do Estado”, ressalta Ricardo Trento, diretor da Unicultura.

“A Frimesa aposta no conhecimento e na cultura como instrumentos para libertação e evolução das pessoas. Investimos e contribuímos constantemente na geração de oportunidade para as pessoas”, completa Elias Zydek, diretor-executivo da empresa. “A Frimesa sente-se feliz por ter contribuído no esforço de trazer a cultura musical para nossa região, especialmente a música erudita que ainda não é tão presente junto a população”.

No concerto de estreia, com a pianista internacional Danieli Longo, cujo interesse pelo instrumento começou na infância, quando morava no Paraná, atraiu cerca de 500 pessoas ao CPC Arandurá, nos shows ali realizados.


Serviço:

Bravíssimo apresenta Estefan Iatcekiw

Sexta-feira, dia 10 de maio,  às 10h, às 15h e às 20h no CPC Arandurá

Entrada gratuita (retirar os ingressos no CPC Arandurá, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30).

Escolas e grupos podem agendar direto no CPC Arandurá, pelo telefone  (45) 3264-8674.



Fonte: Assessoria

Compartilhe:
LinkedIn whatsapp