Sicredi

Foi cumprido mandado de busca e apreensão, onde mãe e filho foram detidos em Santa Helena

Postada em: 26/02/2019 Atualizada em: 26/02/2019 20:43:15 Número de visualizações 583 visualizações
LinkedIn whatsapp
Foi cumprido mandado de busca e apreensão, onde mãe e filho foram detidos em Santa Helena

Delegado fala sobre cumprimento de mandado de busca e apreensão, onde mãe e filho foram detidos em Santa Helena


O delegado de Polícia Civil de Santa Helena, Geraldo Evangelista Souza Junior, deu detalhes sobre a ação da Polícia Civil de Santa Helena, com apoio da Polícia Civil de Toledo, ocorrida na manhã desta terça-feira (26), em uma propriedade rural da Linha Vista Alta, interior do distrito de São Clemente, em Santa Helena.

Conforme o delegado, as investigações iniciaram a cerca de três meses e após trocas de informações entre as equipes das duas delegacias, foi possível chegar até a propriedade onde estariam as armas de fogo e então foi solicitado o mandado de busca e apreensão.

No local, foram encontradas três armas de fogo e munições de vários calibres de uso proibido e permitido. Uma mulher e seu filho, menor de idade, estavam na casa e foram detidos. Eles afirmaram ter conhecimento sobre a existência das armas na casa.

Geraldo Evangelista diz que o trabalho da Polícia Civil segue a fim de interrogar outras duas pessoas que moram na casa e que seria proprietários das armas, podendo inclusive ser representado pela prisão temporária ou preventiva dos dois homens que não foram encontrados no imóvel.

Mãe e filho ficarão detidos, segundo Evangelista, até deliberações posteriores por parte do poder Judiciário.

“Contra a mulher será feito um auto de prisão em flagrante e em relação ao adolescente, será confeccionado um termo circunstanciado e ele deve ser apresentado a um representante do Ministério Público”, explicou o delegado.

O delegado Geraldo Evangelista Sousa Junior, coloca a o telefone 3268-1184 e toda a equipe da Delegacia de Polícia Civil de Santa Helena a disposição para denúncias, garantindo o sigilo da identidade do denunciante.



** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Portal Missal pelo WhatsApp (45) 99809-7801.


Fonte: Correio do Lago

Compartilhe:
LinkedIn whatsapp