Sicredi

Ônibus bate na traseira de bitrem de Missal

Postada em: 15/01/2019 Atualizada em: 15/01/2019 18:15:23 Número de visualizações 4852 visualizações
LinkedIn whatsapp
Ônibus bate na traseira de bitrem de Missal

Motorista de um ônibus intermunicipal morreu no meio da tarde desta terça-feira ao bater na traseira de um caminhão bitrem, em Campo Grande. 

O motorista do ônibus, ainda não identificado, morreu no local. De acordo com a PRF, no ônibus havia apenas 5 passageiros, destes, três homens e duas mulheres.

Um homem sofreu fratura na perna. Os outros dois homem e uma das mulheres tiveram ferimentos leves. A última passageira recusou atendimento.

Foi necessário uma viatura do Corpo de Bombeiros encostar ao lado do ônibus para que os militares pudessem retirar as vítimas pela saída de emergência.

A colisão ocorreu na BR-163, saída para São Paulo, perto do posto de fiscalização da PRF (Polícia Rodoviária Federal). Os nomes das vítimas ainda não foram divulgados.

O trecho está em obras e, segundo testemunhas, no momento do acidente havia uma fileira de caminhões em baixíssima velocidade na rodovia. O motorista não percebeu a redução do ritmo dos veículos a frente e acabou atingindo com força o bitrem.

Com o impacto, a parte dianteira do ônibus ficou completamente destruída. O veículo pertence à da Viação Garcia, de Londrina, saiu de Umuarama (PR)  e estava chegando em Campo Grande. 


Cena de horror 

O motorista do bitrem, Evandro Luis Climike, de 38 anos, narrou o que descreveu como cena de horror sobre o acidente.

Ao Campo Grande News, Evandro, que é motorista de caminhão há 8 anos, disse que estava parado na pista, devido a uma obra, com o pisca-alerta ligado, quando sentiu uma forte batida na traseira do bitrem que conduzia. Com o impacto, o veículo chegou a encostar, mas não danificou, o caminhão que estava à frente.

Em seguida, ele desceu para verificar o que havia acontecido. “Quando eu desci para ver o que tinha acontecido, vi uma cena de horror. A cabine do ônibus estava destruída. Tentei chamar o motorista mas, ele não respondeu e percebi que ele estava morto”, relata. Ele então acionou imediatamente o Corpo de Bombeiros.

Foi montado um esquema de trabalho intenso para desobstruir as duas vias da rodovia, que estão interditadas e provocam quilômetros de congestionamento nos dois sentidos. O acidente também atraiu dezenas de curiosos ao local.

Além do Corpo de Bombeiros, várias equipes da CCR MSVias estiveram, assim como a perícia.



** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Portal Missal pelo WhatsApp (45) 99809-7801.


Fonte: Campo Grande News

Compartilhe:
LinkedIn whatsapp