JC Imoveis

Rápida ação de policiais civis e militares resultam na prisão de estuprador em flagrante em Céu Azul

Postada em: 26/10/2018 Atualizada em: 26/10/2018 16:51:33 Número de visualizações 1209 visualizações
LinkedIn whatsapp
Rápida ação de policiais civis e militares resultam na prisão de estuprador em flagrante em Céu Azul

Tudo começou por volta das 5:10h da madrugada deste dia 26/10/2018 onde a Polícia Militar de Céu Azul recebeu um chamado telefônico informando que uma mulher havia acabado de ser estuprada naquela localidade.

De pronto os Policiais Militares se deslocaram até o referido local, sendo encontrado uma pessoa do sexo feminino, aparentemente ter 21 anos de idade que se encontrava sem a calça e roupa íntima, em estado grave e inconsciente, com ferimentos na cabeça, cuja foi socorrida pelo SAMU encaminhada a casa hospitalar de Céu Azul e posteriormente por uma unidade da UTI/SAMU para o H.U. de Cascavel.

Imediatamente começaram as investigações em parceria entre a Polícia Civil de Céu Azul e a Polícia Militar daquela localidade, sendo realizadas buscas intermitentes pelos suspeitos por toda a cidade.

Primeiramente haviam duas pessoas suspeitas de terem praticado o crime bárbaro, todavia o caso teve uma testemunha crucial que viu um suspeito correndo em via pública e avisou os policiais sobre as cores das vestimentas, segundo passo importante das investigações foram os rastros encontrados de barro em via pública em que o suspeito usava somente um chinelo, sendo este pé de chinelo encontrado no local do crime e o outro pé na casa do suspeito preso.

Após os policiais terem a identificação do possível autor e também já com o segundo suspeito de ter praticado o delito bárbaro detido, os militares se deslocaram até o local de trabalho do primeiro, em uma indústria da Cidade de Matelândia, onde esse primeiro suspeito, ao ver a presença dos policiais, tentou fugir correndo, mas foi capturado pelos Policiais Militares.

Diante de todas diligências realizadas pelos policiais, os suspeitos foram trazidos até a Delegacia Regional de Polícia Civil de Matelândia, onde em conversa com os investigadores e delegado de Polícia Civil, a pessoa de Lucas Alberto Freitas Hoffman, 24 anos de idade, não teve outra alternativa a não ser confessar o crime praticado durante a madrugada. Já o segundo suspeito conduzido, prestou apenas declaração e foi liberado logo em seguida, dado que foi comprovado que não havia nenhum envolvimento nesse crime.

Na Delegacia de Polícia Civil, Hoffman foi autuado em Flagrante Delito pelo Crime Tipificado no Art. 213, parágrafo 1º do Código Penal, Estupro Consumado com a causa de aumento de Pena pela Lesão Corporal Grave, com penas em abstrato previstas de 8 a 12 anos de reclusão. No entanto vale salientar que a vítima está internada em estado grave em casa hospitalar e caso venha a morrer, a pena poderá ser aumentada para 12 a 30 anos de reclusão.



** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Portal Missal pelo WhatsApp (45) 99809-7801.




Fonte: Guia Medianeira com informações da Polícia Civil

Compartilhe:
LinkedIn whatsapp