Sicredi

Lei de abuso de autoridade proíbe divulgação de foto de preso até de costas

Postada em: 13/01/2020 Atualizada em: 13/01/2020 14:43:29 Número de visualizações 606 visualizações
LinkedIn whatsapp
Lei de abuso de autoridade proíbe divulgação de foto de preso até de costas

Antes uma mulher podia identificar um estuprador nos jornais, por exemplo. Agora, a nova lei fica do lado dos bandidos e complica ainda mais a população


A Lei de Abuso de Autoridade entrou em vigor na primeira sexta-feira deste mês, dia 3, e não permitirá que os agentes de segurança pública repassem fotos de suspeitos presos aos órgãos de comunicação.


Conforme relatou a Polícia Militar ao Portal:

A orientação é de que “não sejam compartilhados ou divulgados vídeos e fotos de presos/investigados/indiciado/conduzidos, de qualquer espécie, ainda que estejam de costas ou que o rosto tenha o efeito desfoque.”


E acrescenta:

“Orienta-se não permitir a gravação de reportagens ou imagens do preso/investigado/indiciado para programas de televisão, blogs, redes sociais e afins de cunho sensacionalista em que os presos são expostos, de qualquer modo, à execração pública nas dependências dos órgãos policiais ou fora deles em cumprimento de diligências. Por outro lado, orienta-se solicitar aos órgãos e profissionais da imprensa que não fotografem ou filmem a condução de presos/investigados/indiciados nos locais de busca ou prisão, bem como no órgão policial.”

Fonte: Portal Missal

Compartilhe:
LinkedIn whatsapp