JC Imoveis

Aberta seleção para famílias interessadas em participar do Programa de Acolhimento Familiar

Postada em: 31/01/2019 Atualizada em: 31/01/2019 12:49:11 Número de visualizações 430 visualizações
LinkedIn whatsapp
Aberta seleção para famílias interessadas em participar do Programa de Acolhimento Familiar

Itaipulândia abre seleção para famílias interessadas em participar do Programa Municipal de Acolhimento Familiar


A Prefeitura Municipal de Itaipulândia, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, institui o serviço de Acolhimento em Família Acolhedora, através da Lei Municipal 1.611 de novembro de 2017, e reabre as inscrições para o cadastro, avaliação, seleção e preparação de famílias interessadas em participar do Programa. 

De acordo com a Coordenadora do Programa a Assistente Social, Tânia Mahl “o serviço busca oferecer o acolhimento temporário a crianças ou adolescentes que tiveram seus direitos violados, em lares de famílias que estarão colaborando na construção de um futuro melhor para os jovens acolhidos”. Tânia disse ainda que “as famílias serão previamente selecionadas, cadastradas e preparadas para acolher crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por meio de medidas protetivas (ECA, artigo 101), e em situação em que as famílias ou responsáveis encontram-se, temporariamente, impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção”.  

Sandra Zeni Facioni, Secretária Municipal de Assistência Social, afirma que “o dever do Município é aprimorar os serviços e dar atenção às crianças e adolescentes que tiveram seus direitos violados e passam por medidas protetivas”. Sandra aproveitou ainda para parabenizar as famílias que já fazem parte do Programa e que já estão acolhendo em seus lares essas crianças com todo amor, carinho e cuidado.


Serviços

O serviço oferecido busca reconstruir e fortalecer vínculos familiares e comunitários que contribuirá para a superação da situação vivida pelas crianças e adolescentes, evitando assim as reincidências e agravamento da violência sofrida.

A família acolhedora também irá oferecer apoio psicossocial às famílias da criança ou adolescente, favorecendo a reestruturação para o retorno dos filhos, sempre que possível.

As famílias acolhedoras assinarão um Termo de Adesão e Guarda Provisória durante o período necessário em que a criança permanecer em família acolhedora.


Informações e Inscrições: Secretaria Municipal de Assistência Social localizada na Rua Independência nº 1703 Centro, Telefone 45-3559-2024.


Fonte: Assessoria

Compartilhe:
LinkedIn whatsapp