Cooperação Premiada Lar

Município de Missal decreta Situação de Emergência em razão da estiagem

Postada em: 06/01/2022 Atualizada em: 06/01/2022 16:12:50 Número de visualizações 552 visualizações
LinkedIn whatsapp
Município de Missal decreta Situação de Emergência em razão da estiagem

Produtores rurais afetados poderão renegociar financiamentos com instituições financeiras


A região Oeste, bem como o Estado do Paraná, vem enfrentando uma severa estiagem, que deverá causar inúmeros prejuízos. O próprio Governador, Ratinho Jr, ainda no dia 22 de dezembro (decreto nº 9.889) reconheceu a continuidade da situação de emergência Hídrica em todo o Estado, e no dia 30 de dezembro de 2021, (decreto nº 10.002) declarou Situação de Emergência nas áreas dos Municípios atingidos por estiagem.

Na tarde desta quinta-feira, 06 de janeiro de 2022, o prefeito em Exercício de Missal, Eugênio Schwendler (Chenho), aderiu ao decreto estadual e publicou o decreto nº 5.736, como situação de emergência em todo o Território Municipal, que tem sido afetado por uma estiagem histórica e crise hídrica.

O município leva em conta as dificuldades extremas enfrentadas pelos produtores em geral (pastagens, cultivares, criadores de suínos, bovinos, aves, produtores de leite, hortifrúti e outros), devido à escassez de chuvas e aumento da temperatura, que tem prejudicado a produção e colheita, com perda estimada de até 80% da safra.

Muitos produtores rurais, de toda cadeia produtiva primária, financiam junto às instituições bancárias a produção agropecuária e muitos não possuem o seguro agrícola e, devido à escassez de chuva e elevadas temperaturas não irão produzir o suficiente para sanar as dívidas. 

Os produtores rurais, com a publicação do decreto, poderão solicitar a prorrogação de parcelas de investimentos, bem como a renegociação de financiamentos com instituições financeiras, além de forçar as seguradoras, para quem for o caso, a pagar os custeios da safra, por exemplo.

“Toda a população de Missal depende da agricultura e estamos muito preocupados com a situação”, destaca Chenho. “Vamos fazer o possível, e o que estiver ao nosso alcance, para que estes produtores não sofram ainda mais”, continua. “A população toda está sofrendo e precisamos ainda tomar consciência de que devemos economizar água, pois a situação pode piorar ainda mais”, completa o Prefeito em Exercício.

Os órgãos e entidades do Município de Missal ficam autorizados, a partir do referido decreto, a realizarem as comunicações necessárias às ações de conscientização da população quanto à economia e uso racional da água.

Fonte: Assessoria

Compartilhe:
LinkedIn whatsapp