Sicredi

Medianeira: Em caso raro, vaca dá à luz bezerros gêmeos de sexos diferentes

Postada em: 22/09/2020 Atualizada em: 22/09/2020 15:29:18 Número de visualizações 318 visualizações
LinkedIn whatsapp
Medianeira: Em caso raro, vaca dá à luz bezerros gêmeos de sexos diferentes

Contrariando as probabilidades genéticas, em um caso considerado raro na medicina veterinária, uma vaca deu à luz bezerros gêmeos de sexos diferentes, em uma propriedade rural na Linha Saltinho, interior de Medianeira.

Na manhã desta terça-feira (22), a família do produtor rural Valmor Vendrame se surpreendeu com o nascimento dos dois bezerros. De acordo com Nezita Vendrame, que é esposa de Valmor e enviou o vídeo para a redação do Guia Medianeira, a família trabalha com cerca de 30 vacas leiteiras e para eles foi uma grata surpresa, pois nunca haviam nascido bezerros gêmeos no sítio.

Segundo ela, a vaca que é da raça Jersey foi comprada já prenha e a fecundação teria sido natural, ou seja, não por inseminação artificial.

O parto dos gêmeos não foi fácil, pois segundo o produtor rural, a vaca deu à luz sozinha ao primeiro bezerro, porém o segundo estava virado e eles tiveram que fazer bastante força para conseguir tirar o animal.

A alegria do proprietário é evidente. "Agora a fazenda aumenta aqui de punhado, dois por vez... uma alegria enorme, o fato de nascer gêmeos na fazenda... só alegria", narra, dando gargalhadas.

Caso raro - Segundo relatos da literatura veterinária, esse tipo de gestação natural é considerada rara, pois a chance de uma vaca ter uma cria de gêmeos de sexos diferentes é de apenas 0,5%.


NÃO TÃO RARO ASSIM

Apesar de improvável, o caso não é tão raro assim, pelo menos na nossa região, pois coincidentemente após a publicação da reportagem, uma moradora da Linha Pinheirinho, interior de Serranópolis do Iguaçu entrou em contato com a redação do Guia Medianeira para relatar o nascimento de bezerros gêmeos, também de sexos diferentes, na propriedade de seus pais, fato ocorrido na manhã da segunda-feira (21).


NÃO TÃO RARO ASSIM

Fonte: Guia Medianeira

Compartilhe:
LinkedIn whatsapp