Sicredi

Convenção do PDT confirma coligação com o DEM

Postada em: 14/09/2020 Atualizada em: 14/09/2020 22:33:34 Número de visualizações 1260 visualizações
LinkedIn whatsapp
Convenção do PDT confirma coligação com o DEM

PDT realizou a convenção na noite de hoje (14), não terá candidatos a vereador e referendou a coligação com o DEM. 


Na noite de hoje, dia 14, o PDT (Partido Democrático Trabalhista) de Missal, realizou sua convenção visando as eleições municipais deste ano. 

Os convencionais do PDT aprovaram por aclamação (unânime) a coligação com o DEM (Democratas), que tem Adilto Luis Ferrari (Ferrari) para prefeito e Eugênio Schwendler (Chenho) para vice-prefeito), ambos do DEM. O nome da coligação é Aliança Democracia e Trabalho.

O DEM já havia aprovado a coligação na convenção realizada no sábado, dia 12.

Vale lembrar que a chapa depende da aprovação da Tribunal Eleitoral (TRE).


Candidatos a vereador

O PDT de Missal lançou nenhum candidato a vereador.


Fim das convenções

Com a realização da convenção do PDT, todos os partidos realizaram sua convenção, sendo formadas duas coligações, envolvendo cinco partidos.

A primeira coligação definida foi a UPM (União Popular Missalense), que reúne os partidos MDB, PSD e PP, que tem como candidato a prefeito José Gaudêncio Alves de Brito (Brito da Farmácia - MDB), e a vice-prefeita Jeane Maria Rauber Baum (Jeane - PSD).

A segunda coligação definida (hoje) é Aliança Democracia e Trabalho formada pelos partidos DEM e PDT, com candidato a prefeito Adilto Luis Ferrari (Ferrari) e Eugênio Schwendler (Chenho) para vice-prefeito), ambos do DEM.


Fonte: Portal - Aldirio Basei

Compartilhe:
LinkedIn whatsapp