Unip Medianeira

ELEIÇÕES 2020: Pré-candidatos a prefeito de Missal

Postada em: 30/07/2020 Atualizada em: 30/07/2020 13:18:37 Número de visualizações 1577 visualizações
LinkedIn whatsapp
ELEIÇÕES 2020: Pré-candidatos a prefeito de Missal

Há mais de 45 dias do prazo limite para as convenções municipais, DEM e MDB tem pré-candidatos a prefeito de Missal


De forma geral a população está ansiosa para saber quem serão os prováveis candidatos a prefeito, mesmo que a data limite para as convenções é dia 16 de setembro. Em Missal não é diferente, mesmo sabendo-se que nas últimas eleições municipais as definições aconteceram praticamente no dia das convenções dos partidos políticos.


Nomes

Conforme a direção dos partidos legalmente constituídos em Missal, apenas dois tem pré-candidatos a prefeito: DEM (Democratas) e MDB (Movimento Democrático Brasileiro).

O DEM tem como pré-candidato a prefeito AdiltoLuis Ferrari (que foi prefeito de Missal em dois mandatos - 2009/2012 e 2013/2016) e Eugênio Schwendler (Chenho), que está no terceiro mandato de vereador, como pré-candidato a vice.

O MDB tem como pré-candidato a prefeito José Gaudencio Alves de Brito (Brito).

Vale ressaltar que tanto o DEM quanto o MDB estão mantendo conversações com os demais partidos para possível coligação.


Coligações

Este também é um item que não tem nada de oficial, porém as conversas de bastidores estão aceleradas, com muita conversa e a conhecida fofoca ‘para sentir o clima’.

Com a saída, na segunda-feira (27/7), do PP e do PSD da Coligação ADP, da qual o DEM também faz parte - a coligação, neste ano de 2020 completa 12 anos seguidos no comando do município de Missal -, há fortes indícios de que uma nova coligação possa surgir com MDB.


Convenções partidárias 

Com a promulgação da Emenda Constitucional (EC) nº 107/2020, que adiou as eleições municipais 2020, todos os prazos eleitorais previstos para o mês de julho foram prorrogados por 42 dias, proporcionalmente ao adiamento da votação. Assim, as convenções partidárias para a escolha de candidatos, que aconteceriam de 20 de julho a 5 de agosto, serão realizadas no período de 31 de agosto a 16 de setembro.

Para atender às recomendações médicas e sanitárias impostas pelo cenário de pandemia provocada pelo novo coronavírus, os partidos políticos poderão realizar suas convenções em formato virtual para a escolha de candidatos e formação de coligações majoritárias, bem como para a definição dos critérios de distribuição dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC). As legendas devem garantir ampla publicidade, a todos os seus filiados, das datas e medidas que serão adotadas.


Fonte: Portal Missal

Compartilhe:
LinkedIn whatsapp